O nascimento de uma pequena heroína

1004048_545290342173058_1492826471_n

Dois bocó e um bebê.

Está carta foi escrita no dia 8 de julho de 2013 às 16:37, poucas horas antes do parto.

Então, você vai nascer. Rufem os tambores, chamem os amigos, tranquilizem os familiares.

É estranho, isso posso afirmar, porque existe aqueles momentos na vida que você consegue visualizar exatamente quando tudo muda, quando algo se quebra ou cresce dentro de você. Neste exato momento posso ver uma linha tênue no meu horizonte, como nos fatos históricos, agora será “Antes de Helena” e “Depois de Helena”.

Você irá se deparar com esses momentos na vida, querida, e eles dão um baita medo. Eu sei que vou errar, isso é inevitável, é assustador saber disso e tentar compreender que tudo é aprendizagem. Deus, e se eu te queimar com a água da banheira? OK, não fique assustada, temos seu super pai, que segundo todos irá nos salvar do desastre eminente.

Sim, ele é fantástico, mas as pessoas também são babacas.

Talvez a certeza de que daqui alguns minutos estarei sendo cortada não seja tão animadora, sendo bem sincera com você, estou com medo de morrer e não ver nada. Tenho medo de não estar perto de você, é irracional, mas isso pulsa.

Você vai nascer com cara de joelho, toda inchada, eu vou chorar, seu pai vai fazer a dança do macho alfa que procriou e nós iremos com sorte não estrangular o médico que irá te trazer ao mundo.

Você vai sentir dor, frio, medo, fome, é tudo novo, mas eu estarei lá. Nós seremos uma equipe. Paola e Helena contra o mundo.

Existe um tipo de narrativa que se chama HQ e é muito legal, você vai adorar, nós seremos as super de nossa própria história. Vamos combater as fraldas sujas, ficaremos vigilantes durante as madrugadas sem dormir, você irá se nutrir com um super néctar do crescimento e alegria, papai vai ter duas meninas para cuidar, o que certamente coloca ele numa posição muito heroica.

Estou feliz, muito, quase dando pulos e rolando com você na barriga, mas tenho medo.

Vai dar tudo certo, não é?

Paola, agora Mamãe.

Você nasceu no dia 8 de julho de 2013, com 3,350 quilos, 49 centímetros. A Primeira vez que te vi, você sorriu.

Anúncios

Um comentário sobre “O nascimento de uma pequena heroína

  1. Muito lindo e exatamente o que semtimos.Muitos conflitos duvidas enfim.Parabens pela carta quem dera todas nos fizecemos talvez o mundo seria melhor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s