Sobre indecisões e felicidade

helena.janela

Carta enviada por Isabel no dia 11 de setembro de 2014.

Helena,

Talvez nós nunca cruzemos nossos caminhos nessa vida, mas quero compartilhar algo meu com você. Acredito que todas as pessoas do mundo estão ligadas de alguma maneira. Nós por exemplo, fomos ligadas pelo blog que sua mãe criou. Enfim…

Cheguei a uma fase da minha vida, que sinceramente não sei o que quero fazer. Você terá essa fase também. Acho que todos os seres humanos passam por essa fase. Já mudei a profissão que desejo seguir um milhão de vezes e agora, que estou prestando vestibular paravárias faculdades, ainda não resolvi o que quero. Já cogitei de psicologia a astronomia, mas sinceramente, nenhuma dessas me fará realmente feliz.

As pessoas, Helena, de um jeito ou de outro, sempre querem que você faça o que elas desejam. Sempre olham com olhar de desaprovação para pessoas indecisas. Mas a verdade é que no fundo, elas são tão indecisas quanto qualquer indeciso por aí. A diferença é que elas não expõem.

Não tenha medo de decepcionar as pessoas com suas escolhas, porque elas pertencem a você e afetaram sua vida. Como sua mãe disse, “você pode ser um menino se você quiser” e realmente, Helena, você pode. Você pode o que quiser. Não tenha medo de se arriscar, seja na área profissional ou em qualquer outra área. A vida fica mais bonita quando nos arriscamos. Sempre encontramos coisas lindas nos lugares mais improváveis. Faça sempre por você e sua felicidade.

Espero que se um dia, nosso caminho acaberem por se cruzar em uma dessas estradas enlaçadas, que só o destino sabe fazer, você me conte todas as alegrias, cicatrizes e algumas decepções, que teve por se arriscar. Que você faça um milhão de faculdades diferentes e depois descubra que o que queria mesmo era ser pintora, atriz, artesã, não importa.

Arrisque-se, Helena.

Com amor,
Isabel.

Anúncios

Um comentário sobre “Sobre indecisões e felicidade

  1. Você tem uma mãe maravilhosa, Helena. Tenho uma inveja branca de você! Inclusive, deixe-me “roubar” alguns dos seus textos e mostrá-los para minha querida sobrinha algum dia, que tem o seu nome (belo nome, inclusive) e idade aproximada de você.

    Beijo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s